O incrível crescimento da Fisioterapia em Oncologia e a escassez de profissionais qualificados

Receba nossa newsletter. Cadastre-se!



O incrível crescimento da Fisioterapia em Oncologia e a escassez de profissionais qualificados

Você sabia?
• As seqüelas do tratamento oncológico repercutem diretamente sobre a funcionalidade do paciente em suas atividades de vida e laborais, necessitando do fisioterapeuta para minimizar esse impacto negativo.
• Os sobreviventes de câncer precisam receber tratamento fisioterapêutico adequado para obter melhora da auto-estima, funcionalidade, dignidade e qualidade de vida.
• O mercado precisa de profissionais preparados e dedicados para atender essa alta demanda de pacientes em todos os níveis de atenção à saúde.
• Cresce o número de instituições privadas e públicas que atendem especificamente pacientes com câncer.
• A Fisioterapia Oncológica pelos motivos citados acima é uma área em ascensão dentro da profissão e que merece continuar crescendo com excelentes profissionais que tenham como objetivo fazer a diferença na vida dos pacientes com câncer e seus familiares.

O câncer é a segunda maior causa de morte em nossa sociedade, ficando atrás apenas para as doenças cardiovasculares. Estima-se para o biênio 2016-2017 mais de 600 mil novos casos de câncer no Brasil, isso mesmo… MAIS DE MEIO MILHÃO de pessoas receberão o diagnóstico da doença, sendo o envelhecimento da população mundial, que avança em ritmo estonteante, um dos fatores para esse número alarmador.

A boa noticia é que os avanços técnico-científicos no campo da medicina, principalmente na última década aumentam consideravelmente a chance de cura e sobrevida dos pacientes. A questão é qual será a qualidade de vida desses sobreviventes ao passar por diversos tratamentos agressivos? 

As cirurgias para retirada de tumores e necessitando às vezes da remoção parcial ou total de órgãos, quimioterapia e/ou radioterapia, somado as diversas comorbidades que atingem o paciente durante e após o tratamento, faz com que seja necessário profissionais da saúde empenhados em prevenir ou minimizar as sequelas/complicações relacionadas ao tratamento ou a doença, entre eles o fisioterapeuta.

O Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional reconhece na resolução nº364/2009 a Fisioterapia em Oncologia como especialidade que tem como objetivo preservar, manter, desenvolver e restaurar a integridade cinético-funcional de órgãos e sistemas do paciente, assim como prevenir os distúrbios causados pelo tratamento oncológico.

A fisioterapia em oncologia é uma área em constante crescimento, que vem sendo realizada cada vez mais, baseada em estudos que comprovam a sua  importância e eficácia em pacientes com diversos tipos de cânceres e também em diferentes estágios da doença, o que inclui os cuidados paliativos.

Diante das informações expostas, se fizermos uma conta rápida entre a quantidade de pacientes que necessitam ou necessitarão do atendimento fisioterapêutico em todos os setores de atenção à saúde: clínicas, ambulatórios, enfermarias e UTIs e, o número de profissionais especializados e capacitados para suprir essa demanda, a conta não fecha. 

Isso porque muitos fisioterapeutas não tiveram essa disciplina durante a graduação ou sua formação não foi suficiente para reconhecer as particularidades apresentadas pelo paciente oncológico, devido as disfunções orgânicas e complicações oriundas da progressão tumoral e/ou pelos tratamentos anti-neoplásicos realizados, que faz com que o atendimento por um profissional não capacitado traga riscos a sua saúde e menor chance de resolução do quadro. 

Por todo esse complexo apresentado faz-se necessário a qualificação dos profissionais fisioterapeutas neste universo chamado Oncologia, sendo o primeiro passo a escolha do Curso, e, este é um dos pontos mais importantes, pois deve oferecer o melhor corpo docente para atingir o melhor nível de preparo destes profissionais.

Se você é um profissional que se interessa nesse tema / especialidade, e procura entender mais dos aspectos do paciente com câncer, adulto, idoso ou criança, nós da BioOnco, após receber muitas solicitações de nossos alunos e pensando em ajudar nesta formação, traremos um super conteúdo pensado para que possamos abrir estas discussões, baseadas em evidência, mercado e atuação propriamente dita, neste que é sem dúvida, um campo à se explorar por todos nós. Se conhecer algum colega que também se interessa por receber material sobre este assunto, compartilhe o link, marca nos comentários, enfim, vamos formar uma rede de estudo e discussão para seguirmos juntos nesta qualificação. Continue acompanhando nossas postagens, temos uma super entrevista fresquinha para começar essa discussão! Nos vemos em breve ;)

Equipe BioOnco

Compartilhar!