ABC Da Fisioterapia em Oncologia

Receba nossa newsletter. Cadastre-se!



ABC Da Fisioterapia em Oncologia

A  Anticorpo Monoclonal Um tipo de proteína produzida em laboratório que pode localizar e ligar-se às substâncias no corpo, incluindo as células tumorais. Existem muitos tipos de anticorpos monoclonais, cada um é produzido para encontrar uma determinada substância. Eles podem ser usados de forma isolada ou para transportar fármacos, toxinas ou materiais radioativos ao tumor.

B Biópsia do Linfonodo Sentinela  É um procedimento que conserva a axila e que depende da interação da medicina nuclear, equipe cirúrgica e patologistas. Para identificar o linfonodo sentinela, é injetada uma substância radioativa (corante azul) através de localização por mamografia, ultrassom ou por apalpação. Posteriormente, será realizada uma cintilografia das mamas. A imagem, fornecida pelo radiofármaco, é levada ao cirurgião para a visualização do linfonodo comprometido, com um detector de radiação localizam o primeiro linfonodo comprometido (linfonodo sentinela). Após a retirada do linfonodo, o mesmo é levado à equipe de patologia para congelamento e análise.

C Cuidados paliativos consistem na assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, diante de uma doença que ameace a vida, por meio da prevenção e alívio do sofrimento, da identificação precoce, avaliação impecável e tratamento de dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais".

D Dor oncológica é uma expressão utilizada para caracterizar a dor, na maioria das vezes de múltiplas etiologias que se somam e se potencializam, de um paciente com câncer, e que pode ou não estar diretamente relacionada com a doença de base e sua evolução

E Estadiamento é uma forma de descrever um câncer, sua localização, se e para onde disseminou, e se está afetando as funções de outros órgãos no corpo.Ter conhecimento do estágio ajuda o médico a decidir o tipo de tratamento a ser realizado e o prognóstico do paciente.

F Fadiga Oncológica é uma sensação subjetiva de cansaço físico e mental de causas multifatoriais que pode estar presente em 72 a 95% dos pacientes com câncer avançado.

G Gânglio Linfático Os gânglios linfáticos são estruturas que fazem parte do sistema linfóide periférico. Eles são as estruturas responsáveis pela resposta imunológica do corpo.

H Hormonioterapia - Tratamento que adiciona, bloqueia ou remove hormônios. Para bloquear o crescimento de certos tipos de tumores, como câncer de próstata e de mama, os hormônios sintéticos ou outros medicamentos podem ser administrados para bloquear os hormônios naturais do corpo.

I Imunoterapia - Tratamento para restaurar a capacidade do sistema imunológico no combate ao câncer, infecções e outras doenças. Também é usada para reduzir os efeitos colaterais que podem ser causados por alguns tratamentos. Os agentes utilizados na imunoterapia incluem anticorpos monoclonais, fatores de crescimento e vacinas.

L  Linfedema - O linfedema é um tipo de contenção de líquidos causado pelo acúmulo anormal de proteínas e fluídos nos tecidos; costuma ser resultante de uma falha de drenagem no sistema linfático, que vem a ser manifestada por inchaço, principalmente nas extremidades dos membros superiores e inferiores.

M Metástase - É um segundo tumor originado do tumor primário. As células cancerígenas frequentemente escapam do tumor primário e ao se disseminar fixam-se em partes distantes do corpo como pulmão, fígado, cérebro e osso.

N Neoadjuvância - Tratamento dado antes do tratamento primário. Exemplos de terapia neoadjuvante incluem quimioterapia, radioterapia e terapia hormonal.

O Oncogene - Gene que normalmente dirige o crescimento celular. Se alterado, um oncogene pode promover ou permitir o crescimento descontrolado do câncer. Essas alterações podem ser hereditárias ou causadas por uma exposição ambiental a agentes cancerígenos.

P Pega da Medula é o momento, após a transfusão das células da medula ou dascélulas tronco de cordão umbilical, quando as células transplantadas conseguem produzir células sanguíneas em quantidade suficientes dentro do organismo do paciente. Para caracterizar a enxertia ou “pega” e necessário plaquetas acima de 20.000 mil sem necessidade de transfusão de 2 a 7 dias e glóbulos brancos acima de 1.000/mm3 por período igual.

Q Quimioterapia - Tratamento sistêmico com medicamentos para destruir as células cancerígenas.

R Radioterapia – O tratamento radioterápico utiliza radiações ionizantes para destruir ou inibir o crescimento das células anormais que formam um tumor. 

S Sistema de Estadiamento TNM – Um sistema para descrever a extensão da doença. O sistema TNM utiliza três critérios para avaliar o estágio do câncer: T (indica o tamanho do tumor primário), N (descreve se existe disseminação da doença para os linfonodos regionais ou se há evidência de metástases em trânsito) e M (indica se existe presença de metástase em outras partes do corpo

T Trismo  pode ser usado para definir qualquer limitação que um indivíduo tenha de abrir a boca. Esse bloqueio no distanciamento das mandíbulas pode ocorrer na retirada do terceiro molar, mas também durante e após o tratamento de alguns tipos de câncer de cabeça e pescoço. 

W Web Síndrome ou  Síndrome da Rede Axilar (SRA) é uma complicação comum e pode acontecer nas primeiras semanas de pós-operatório. É caracterizada por cordões fibróticos na região da mama e/ou axila que pode se estender até o punho e ainda parede abdominal ocasionado importante diminuição da amplitude de movimento e dor.

Atenção: Permito a reprodução dos artigos desde que citada a fonte.

Compartilhar!